Notícias da Diocese

Comunidade Alegria da Sagrada Face recebe Reconhecimento Canônico

Foi com imensa alegria que a Comunidade Alegria da Sagrada Face recebeu a notícia pelo delegado Geral, Frei Alzinir Francisco Debastiani, do reconhecimento canônico da Comunidade que pertence ao terceiro ramo da Ordem dos Carmelitas Descalços (OCD). “Santa Teresinha a quem fomos inspirados na escolha do nome da comunidade intercedeu por nós de forma carinhosa, presenteando-nos com a data do documento oficial no dia de sua festa, 1º de outubro, continua a cumprir sua promessa de “fazer o bem sobre a terra””, afirma Márcia Andrade, membro da comunidade de Itapetininga.
Por ocasião do Fórum de Santa Teresinha os poucos representantes da comunidade receberam das mãos de Frei Alzinir o documento oficial e as relíquias do frei Romano Gambalunga.
Na Solenidade de Cristo Rei do Universo e encerramento do Ano do Laicato, dia 25 de novembro, às 8h do domingo, na Igreja Santa Rita de Cássia, na Vila Olho d’água, em Itapetininga, foi celebrada a Missa com rito da Ereção Canônica por frei João de Deus Campos, OCDS, delegado para Ordem dos Carmelitas Descalços Seculares do sudeste do Brasil.
Dentre as lindas palavras proferidas por frei João de Deus à comunidade paroquial presente, destacamos: “Hoje, solenidade de Cristo e, o acontecimento do reconhecimento desta comunidade pela Casa Geral é uma graça, e também por ocasião do encerramento do Ano do Laicato, sinal de compromisso e responsabilidade dos Carmelitas Seculares. Jesus é Rei desde sempre e seu plano de governo são as Bem-Aventuranças; se as vivermos com fidelidade seremos tal como Ele foi…passar fazendo o bem todas as coisas”.

Após a celebração eucarística, a comunidade carmelita se reuniu “para celebrar regada a uma boa conversa, típica dos Carmelitas… fazer e ser comunidade e ouvimos com atenção as palavras de frei João de Deus: “Procurem crescer na amizade com Cristo, vão em missão, assim como na música- Onde mandar eu irei…levar o Carmelo onde estivermos e onde Deus quiser…””.
O Frei recordou-lhes das Constituições: “Os Carmelitas Seculares, em união com os Frades e as Monjas, são filhos e filhas da Ordem de Nossa Senhora do Monte Carmelo e de Santa Teresa de Jesus. Portanto, compartilham com os religiosos o mesmo carisma, vivendo-o cada um segundo se próprio estado de vida. É uma só família com os mesmos bens espirituais, a mesma vocação à santidade e a mesma missão apostólica. Os Seculares trazem para Ordem a riqueza própria de sua secularidade.” (Const. 1).
“Somos gratos ao nosso Delegado Geral para OCDS, Frei Alzinir, pelo carinho e atenção; ao frei Romano Gambalunga por presente tão especial; Frei Afonso, provincial OCD, por atender prontamente nosso pedido e ao Frei João de Deus pela dedicação e ternas palavras dirigidas aos nossos corações”, conclui Márcia.
Texto e fotos retiradas do blog da OCDS/Província de São José

PALAVRA DO BISPO

Dom Gorgônio

Eterna é a sua misericórdia!

FACEBOOK