Notícias da Diocese

Pastoral Familiar participa de formação para coordenadores e Comissão em Defesa da Vida

(foto: Nelci O. Motta/Diocese de Itapetininga)

A coordenação diocesana da Pastoral Familiar de Itapetininga participou no último sábado (29/09) do 5º Encontro Estadual da Pastoral Familiar e 10º Encontro das Comissões Diocesanas em Defesa da Vida. O evento aconteceu no Anfiteatro da Cúria Diocesana de Jundiaí. Estiveram presentes no encontro representantes das 42 dioceses do Regional Sul 1 da CNBB. O tema central do encontro foi a passagem do Evangelho de São Mateus: “Sal da Terra e Luz do Mundo (Mt 5, 13-14).

O casal Rose e Nelci O. Motta estão, atualmente, como coordenadores diocesanos da Pastoral Familiar da Diocese de Itapetininga e tem também atuado na Comissão diocesana em defesa da Vida.

(foto: Rita de Santi/Diocese de São Carlos)

Sobre o tema central do encontro formativo, Dom Eduardo Malaspina, Bispo referencial da Comissão Regional em Defesa da Vida e Bispo auxiliar da Diocese de São Carlos, exortou os coordenadores da Pastoral e membros das Comissões “a serem uma presença de sal, luz e fermento nas comunidades e pastorais inseridas no Regional Sul 1”.

Ele enfatizou ainda que, “a Pastoral Familiar precisa resgatar a essência de seu trabalho! É necessário reavivar a aliança entre a família e a comunidade. Assim como nas bodas de Caná, quando Jesus entra na família e o milagre acontece, assim a Pastoral precisa encher as talhas para Jesus realizar o milagre nas famílias”.

Na sequência, o Bispo emérito da Diocese de Santo André, Dom Nelson Westrupp, SCJ, falou sobre o “Evangelho da Família, alegria para o mundo” e sobre o “Aborto”. Ele motiva os presentes, a partir da Amoris Laetitia, a ser verdadeiros anunciadores desta alegria, mas, sobretudo, vivendo na família a beleza do ser família: “Tenhamos a consciência de que é possível anunciar com alegria este evangelho, mas também criando uma cultura da família, o mundo precisa do exemplo das famílias”.

Por sua vez, o psicólogo Toninho Evangelista abordou o tema “Sentido da Vida e o mal do Suicídio”; a Dra. Carla Dorgam trouxe os “Aspectos científicos da Ideologia de Gênero” e o casal Solange e Denner tratou a questão “Problemática da Adoção no Brasil”. Outro tema também abordado foi quanto à difusão da Memória Litúrgica de Santa Gianna Beretta Molla.

Com informações da Assessoria da Diocese de São Carlos.

PALAVRA DO BISPO

Dom Gorgônio

Eterna é a sua misericórdia!

FACEBOOK