Seminário

Diocesano São João Paulo II

O Seminário Diocesano São João Paulo II teve inicio no ano seguinte a criação da Diocese de Itapetininga em julho de 1.998, ou seja, em 1.999 ingressou a 1ª turma de propedêutico que funcionou provisoriamente em uma casa na Vila Rosa até que ficasse pronto parte do Seminário que no mesmo ano de 1.999 começou a ser construído em um terreno de 40 alqueires, às margens da avenida Dr. Cyro Albuquerque no Bairro Taboãozinho, deixado em herança por uma benfeitora da cidade, a Srª. Benedita de Goes Borba. Construção esta concluída parcialmente no ano 2.000.

A primeira turma de Seminário, era formada pelos Seminaristas Carlos Eduardo de Oliveira, Lorival de Oliveira Pedro, Fabio José de Meira, Reinaldo Machado Ramos, Marco Antônio Custódio, Fernando Araújo, João Leme, Ronaldo Jesus e outros, ao todo, 12 Seminaristas. Estes permaneceram na casa da Vila Rosa durante todo o ano de 1.999. No ano 2.000, iniciaram o ano letivo já nas novas dependências, ainda improvisada na construção do novo Seminário que ao mesmo tempo, acolhia a 2ª turma de Seminário na casa da Vila Rosa, sendo Seminaristas propedêuticos: André Luiz Garcia, Jobel de Oliveira, Edson Lúcio, Valdori Alexandre, Alessandro, Wagner Ribeiro, José Carlos de Oliveira Júnior e outros, que também eram em 12 Seminaristas. Esta 2ª turma ficou apenas 2 meses nesta casa, mudando-se depois para o novo Seminário que estava por concluir suas construções, formada por 2 prédios, sendo um prédio que funcionava a reitoria, salas de aula, Capela, refeitório, cozinha, lavanderia, biblioteca e sala de convivência. O outro prédio funciona os dormitórios.

No ano de 2.001, começaram a chegar os Seminaristas que estavam se formando na Diocese de Sorocaba, mas pertenciam ao território de Itapetininga. Vieram concluir seus estudos no Seminário de Itapetininga, os Seminaristas: Ricardo de Oliveira, Sirlei Aparecido, Fabio da Silveira Wagner e Élcio Roberto de Góes.

Alguns anos depois, nossa Diocese também acolheu Seminaristas de outras Dioceses que pediram para fazer experiência em nossa Diocese e aqui foram ordenados também: Os Seminaristas Alexandre Pedroso Arantes, Antônio Roberto Rodrigues Paes, Francisco José Lemes, Roberto Januário, Roberto Moreira, Tarcísio Gomes Lourenço, Júlio Barbado, Luciano de Barros e Júlio Ferreira de Campos.

Em 2.002 começaram a ser ordenados os primeiros Seminaristas para a Diocese que vieram de Sorocaba e outras Dioceses.

Em 2.006 foi ordenada a 1ª turma formada integralmente pelo nosso Seminário: Pe. Reinaldo, Pe. Marco Antônio, Pe. Lorival, Pe. Fábio Meira, Pe. Carlos Eduardo. Após estágio pastoral em nossa Diocese, também foram ordenados nesta turma, os Padres Francisco José Lemes e Júlio Barbado que vieram de outras Dioceses.

Depois disso, nosso Seminário tem acolhido todos os anos jovens que querem responder seu chamado ao Sacerdócio e todo final de ano tem ordenado Padres para servir o povo de Deus que está na Diocese de Itapetininga.

Nestes 16 anos de Seminário, foram reitores:

1º Reitor – Pe. José Benedito Gomes Neto

2º Reitor – Pe. José Benedito Cardoso

3º Reitor – Pe. Ademar Bortoleto

4º Reitor – Pe. Élcio Roberto de Góes

5º Reitor: Pe. Ricardo de Oliveira

6º e atual Reitor: Pe. Marco Antonio Custódio

Este é um resumo da nossa história que expressa o carinho de nosso Bispo pelas vocações, que com apoio de nossos Padres e Paróquias que mensalmente enviam suas contribuições para manutenção do Seminário e que, com a graça de Deus, tem lapidado estes jovens Seminaristas ao longo dos anos e fases da formação, para devolvê-los bons cristãos os que não perseveraram e bons Sacerdotes os que perseveram e chegam ao final de sua formação.

 

Reitor: Pe. Marco Antonio Custódio
Telefone: 15-3373-5409, 15-3273-1396
Site: http://diocesedeitapetininga.org.br/seminarios/

PALAVRA DO BISPO

Dom Gorgônio

Eterna é a sua misericórdia!

FACEBOOK